facebook

Conheça 5 dicas de planejamento financeiro para viajar da melhor forma possível

6 minutos para ler

Próximo a algumas das melhores praias do Nordeste, o Cabo de São Roque é um passeio imperdível para quem visita o Rio Grande do Norte. Seu orçamento tem impedido você de transformar seus sonhos de viagem como esse em realidade? Então é hora de construir um planejamento financeiro para viajar.

Com organização e um levantamento detalhado dos custos, é possível chegar ao destino e aproveitar todas as atrações e atividades disponíveis sem imprevistos e sem comprometer sua vida financeira.

Por isso, reunimos a seguir 5 dicas para ajudar você nos preparativos para suas próximas viagens. Não perca!

1. Comece a economizar mensalmente

Faça um levantamento de suas finanças, apontando todas as receitas, bem como gastos e despesas que podem ser reduzidos. Afinal, é com a organização da sua vida financeira que você vai começar a construir um fundo para viagem. Limitar o delivery apenas aos finais de semana ou diminuir as compras de roupas são exemplos de pequenos sacrifícios que rendem uma boa economia.

Se puder, crie uma conta especialmente para destinar as reservas para viagens. Inclusive, existem contas de bancos digitais com rendimentos mensais que podem ajudar a aumentar o orçamento final.

2. Entenda quais são os custos da viagem

Para organizar uma viagem, é preciso pesquisar bastante sobre o destino escolhido e descobrir quais serão os gastos durante todo o período viajando. Imagine que você tenha se interessado pelo Cabo de São Roque e quer conhecer o Caribe Brasileiro.

Além de incluir os gastos com transporte, hospedagem e alimentação, não deixe de acrescentar também as despesas com passeios e atividades que você deseja fazer para não ser pego de surpresa quando chegar ao destino.

3. Defina seu orçamento

Com o destino escolhido e a estimativa de custos definida, é hora de criar o seu orçamento para a viagem. Monte uma planilha ou use um aplicativo de planejamento financeiro para informar qual será o teto máximo de gastos em cada categoria. Você também pode aproveitar esse momento para fazer a reserva de passeios e hospedagem com antecedência.

Além disso, não se esqueça de incluir nesse orçamento outros gastos comuns em uma viagem, como compras de lembrancinhas, água e sorvetes, por exemplo.

4. Separe um dinheiro extra

O orçamento dá uma ideia do valor máximo dos gastos da viagem, mas imprevistos acontecem. Para evitar qualquer apuro, tente separar parte das economias para uma espécie de fundo de reserva.

Esse montante deve ser usado apenas em caso de emergência. Se você conseguir economizar, o valor reservado poderá ser o ponto de partida do planejamento financeiro para viajar novamente.

5. Tome cuidado com o impulso

Lembre-se da organização feita para garantir a diversão sem prejudicar o orçamento. Para evitar gastos fora do previsto, uma dica é levar parte dos recursos em dinheiro vivo. Assim, você consegue refletir melhor antes de fazer alguma despesa impulsiva. Além disso, procure usar o cartão de crédito. É melhor optar pelo pagamento no cartão devido às precauções quanto ao manuseamento de moedas em função da pandemia atual.

6. Defina o período da sua viagem

Determinar o período de sua viagem é outro elemento muito importante para o planejamento financeiro. O recomendado é escolher períodos fora da alta temporada, a fim de economizar. As atrações do local ficam mais vazias e o atendimento é bem melhor, além dos preços serem mais baixos.

Se precisar viajar em períodos de alta temporada, pesquise preços e faça reservas com certa antecedência. Dessa forma, você não terá que pagar mais ou deixar de passear devido à falta de ingressos em locais turísticos, por exemplo.

7. Faça uso da tecnologia

Nada pior do que o remorso de quem gastou além da conta. Felizmente, é possível tomar medidas para cumprir seu orçamento, enquanto estiver viajando. A melhor coisa a fazer é criar um orçamento para manter sua vida financeira em ordem durante a viagem. É aconselhável baixar aplicativos que podem ajudar você nessa missão.

Use alguns dos milhares de aplicativos de viagens, como rastreadores de despesas disponíveis. Eles viabilizam a definição de orçamentos diários para o controle de gastos em categorias como transporte, restaurantes, hospedagem e até mesmo compras.

8. Tenha cuidado ao usar cartão de crédito

Os cartões de crédito são a maneira mais simples de reservar voos, quartos de hotel e tomar outras providências online. Se você depende de um cartão para toda a viagem, é fácil rastrear o que você gastou e onde. Ligue para a administradora do seu cartão de crédito para alertá-los sobre os planos de viagens futuras com o intuito de minimizar as chances do seu cartão ser bloqueado.

Vale lembrar que é importante ter um segundo cartão para o caso de emergências, mantido separado do cartão principal. Desse modo, caso o primeiro cartão seja perdido ou roubado, você terá outro disponível.

Outra vantagem de pagar com cartão é que você não é responsável pelas cobranças se o cartão for roubado.

9. Busque as melhores ofertas

O fato é que, dependendo da distância que você terá que percorrer para chegar ao seu destino, será preciso ir de avião. É importante ressaltar que os valores das passagens áreas dependem diretamente do lugar de destino, do dia e até do horário da viagem. Por essa razão, é primordial realizar uma boa pesquisa antecipada. Utilize sites especializados, pois eles sempre auxiliam nessa missão.

Normalmente, em horários menos convencionais e em dias úteis, as companhias aéreas tendem a reduzir o preço das passagens. Muitas vezes, a economia gerada faz com que sobre um montante maior, que poderá cobrir possíveis imprevistos.

10. Utilize milhas

Caso você tenha um cartão de crédito que faça parte de um programa de fidelidade, é possível usá-lo com o intuito de trocar os seus pontos acumulados por milhas aéreas. Essa é uma excelente estratégia para planejar a sua viagem da melhor forma possível, economizando ao máximo.

Para tal, é necessário conferir como realmente funciona o acúmulo de pontos do seu cartão e saber o prazo em que eles expiram — há pontos que não expiram, mas isso depende do tipo de cartão e de outros fatores.

É possível garantir viagens tranquilas sem comprometer o seu orçamento. Com essas dicas de planejamento financeiro para viajar, você vai conseguir visitar o Cabo de São Roque ou qualquer outro destino que desejar.

Viu como é possível fazer um planejamento financeiro para viajar? Não perca mais tempo e entre em contato conosco para saber como podemos ajudar na sua viagem!

Posts relacionados