facebook

Como é possível viajar com milhas? Veja como utilizar os pontos

4 minutos para ler

Viajar com milhas é uma ótima opção para aproveitar preços acessíveis de passagens aéreas e se deslocar com mais frequência de avião. Mas nem sempre os viajantes sabem o que é e como funciona um programa de milhagem, com regras específicas de acordo com a empresa contratada. Pensando nisso, este texto explica tudo sobre essa forma de acumular pontos e baratear o seu próximo voo.

Além disso, o post mostra como usar as milhas ao entrar em um programa de milhagem, sabendo a hora certa de trocar os pontos acumulados por uma passagem aérea. Tem curiosidade sobre o tema? Continue a leitura e descubra mais!

O que são e como funcionam as milhas aéreas?

As milhas aéreas são o nome que se dá aos pontos acumulados quando uma pessoa faz uma viagem de avião ou, por outro lado, quando está cadastrada em um programa de milhagem ou uma promoção acumulativa do cartão de crédito.

O intuito do programa é fazer com que os viajantes tenham outras opções para comprar a passagem e viajar de avião, desde que consigam um saldo equivalente ao preço do bilhete. Ao final, esse benefício pode cair como luva para quem está engatando o planejamento financeiro para as próximas férias.

O que fazer para acumular milhas aéreas?

Para acumular milhas, basta viajar com uma companhia que oferece essa opção de pontuação ou se cadastrar em programas, geralmente associados a cartões de crédito, que convertem as compras em pontos.

Há, ainda, empresas que vendem milhas de terceiros para viajantes não cadastrados em programas de milhagem, o que ajuda a conquistar um saldo positivo em milhas aéreas e a baratear o valor das passagens de avião.

Como usar as milhas ao participar de um programa de milhagem?

As regras para participar dos programas de milhagem mudam em relação à empresa contratada. Mas há algumas dicas que ajudam a ter mais sucesso com essa prática.

Escolha o melhor programa

Antes de se associar a um programa de milhagem, confira quais são as opções disponíveis no mercado. Em um segundo momento, compare os benefícios oferecidos pelas empresas e veja quais são os custos fixos que a promoção demanda, como anuidade ou restrições para a viagem em família, por exemplo.

Saiba a hora certa de trocar

O valor das passagens aéreas é bastante instável, já que depende de inúmeros fatores, como a demanda por bilhetes e o valor do combustível para o avião. Nesse sentido, é preciso avaliar qual a melhor hora para trocar os pontos acumulados, fazendo com que as milhas reduzam o preço, efetivamente, da passagem aérea desejada.

Veja como transferir as milhas

Por fim, veja com antecedência como é o processo de transferir os pontos do programa de milhagem para a companhia aérea, na qual você deve finalizar a compra do bilhete para conhecer destinos imperdíveis. Não se esqueça, também, de avaliar se o valor final da passagem inclui ou não as taxas alfandegárias, que podem aumentar os custos com o deslocamento.

Neste post, você viu como é fácil viajar com milhas, uma opção que pode reduzir bastante o preço final das passagens aéreas. Porém, para não sofrer com imprevistos e cometer erros na hora de usar os pontos, avalie com calma as regras de cada empresa e veja, antecipadamente, como transferir a pontuação.

Este texto foi útil para você? Se sim, continue se informando sobre dicas que ajudam a viajar mais, gastando menos. Assine agora a nossa newsletter, gratuitamente, e receba outros materiais interessantes sobre o tema!

Posts relacionados

Deixe um comentário