Conheça 9 curiosidades do Rio Grande do Norte!

6 minutos para ler

Não há nada mais incrível do que visitar um novo local já conhecendo um pouco mais sobre a cultura e sua história, não é mesmo? Quando isso acontece, você acaba se inserindo naquele meio e se sente realmente integrado ao novo destino, além, é claro, de aproveitar mais ainda a região.

Você gostaria de curtir suas férias ou o fim de semana em um lugar paradisíaco do nordeste? Então, certamente vai adorar conhecer as curiosidades do Rio Grande do Norte que vamos apresentar agora. Além das paisagens deslumbrantes, veleiros, areias branquinhas, hotéis de excelente qualidade e produções artesanais belíssimas, esse estado também tem muitas histórias interessantes que vão encantar você e sua família.

Continue acompanhando e confira as 9 principais curiosidades do Rio Grande do Norte para você ficar por dentro de tudo sobre essa bela região. Boa leitura!

1. O mar é o segundo mais salgado do mundo

O mar que cobre a costa potiguar (denominação dada às pessoas que nascem no estado do Rio Grande do Norte) é o segundo mais salgado de todo o mundo. Ele perde somente para o Mar Morto, que fica no Oriente Médio.

Vem daí a explicação das cidades de Mossoró, Macau e Areia Branca serem as maiores produtoras salinas do país e responsáveis pelo abastecimento do mercado interno do Brasil.

2. Os natalenses foram os primeiros brasileiros que experimentaram as gomas de mascar

Quando o município de Natal serviu de base dos Estados Unidos na Segundo Guerra Mundial, começaram a comercializar as gomas de mascar. O objetivo da venda dessa guloseima era diminuir o estresse e relaxar os civis e os combatentes americanos.

Depois que a guerra terminou, o sucesso acabou se espalhando pelo Brasil e, assim, surgiu a comercialização em massa do produto, que é bastante apreciado pelos brasileiros hoje.

3. Natal é considerada a “capital mundial do buggy”

São tantas coisas maravilhosas para aproveitar que, para conseguir fazer tudo de maneira bem diferente, a melhor escolha é passear de buggy. Lembrando que os turistas têm a opção de escolher um percurso de um jeito divertido, de decidir qual velocidade desejam e se querem com ou sem emoção.

4. Rio Grande do Norte é o maior produtor de petróleo do país

A atividade industrial é toda concentrada na região metropolitana de Natal, tendo destaque para bebidas, produtos têxteis, indústrias de automóvel e agroindústrias. Uma grande curiosidade é que a indústria petrolífera é essencial para a economia do Estado, afinal, ele é o maior produtor nacional de petróleo em terra.

5. O Parque das Dunas é o segundo maior parque urbano do país

Esse parque conta com uma área de 1.172 hectares. É considerado o maior parque urbano sobre dunas do país. Parque das Dunas é de grande relevância e tem um impacto imenso para garantir a qualidade de vida dos habitantes da cidade de Natal, afinal, ele contribui na recarga do lençol freático e na purificação do ar.

O ecossistema de dunas do parque é diversificado e muito rico, abrigando uma flora e uma fauna de valor bioecológico gigantesco, que inclui várias espécies que estão em processo de extinção.

6. Natal é conhecida como a “Terra do Camarão”

Os turistas, quando vão a Natal, têm o privilégio de contemplar inúmeras belezas da “Noiva do Sol” e de saborear uma rica e grande variedade gastronômica. Para quem ama camarão, a cidade tem uma variedade bem ampla de pratos que realmente dão água na boca de quem está perto.

É por isso que é conhecida como a “Terra do Camarão”. Entre as opções, você vai encontrar camarão aos quatro queijos, ao alho e óleo, ao catupiry, na moranga (abóbora), misturado com tiras de carne de sol, entre outras opções deliciosas.

7. O esquibunda foi inventado em Natal

Esse esporte começou entre os natalenses. Como não podiam surfar em dias que há poucas ondas no mar, eles acabaram criando uma alternativa para poder se exercitar. Em vez da água, optaram pelas dunas. Ao praticar a atividade, é preciso sentar em uma tábua de madeira e, depois, descer sobre as dunas.

8. O cajueiro de Pirangi é considerado o maior do mundo

O maior cajueiro do mundo está localizado na Praia de Pirangi, que fica no Litoral Sul, e é um dos cartões postais mais belos do Estado. A árvore ganhou um grande destaque no mundo todo pelo seu tamanho, e foi registrada, em 1994, no livro dos recordes, o Guinness Book.

São aproximadamente 8.500 m² de copa, que produz em torno de 70 mil frutas por safra, isso equivale a mais de duas toneladas e meia. O que é bem interessante é que por toda a área que o maior cajueiro do mundo ocupa há passarelas para que as pessoas possam andar e conhecer o espaço. Além disso, de setembro a dezembro, é possível saborear os cajus, já que é a época de frutificação da planta.

9. A região do mar do Rio Grande do Norte é a segunda melhor para mergulho do Brasil

As águas bem tranquilas e claras permitem que as pessoas tenham uma ótima visibilidade, além de uma diversidade muita rica da flora e da fauna submarina, que impressiona a todos. A boa notícia é que a região de Perobas, Pirangi e Maracajaú, por exemplo, é ótima para praticar mergulho aberto no Brasil, ficando atrás apenas do arquipélago de Fernando de Noronha.

Maracajaú, por exemplo, tem disponível o mergulho livre, com cilindro e o seabob, que é muito indicado para os casais que viajam levando crianças. Maracajaú, além de ser um lugar incrível para mergulhar, abriga belezas naturais que acabam trazendo muita tranquilidade aos turistas.

O estado do Rio Grande do Norte reúne muitas belezas naturais capazes de atrair visitantes de diversas regiões do mundo inteiro. Entre areias claras, praias e coqueirais, o visual do local é muito atraente e os atrativos acabam valendo cada minuto do investimento que é feito para viajar.

Viu só como são muitas as curiosidades do Rio Grande do Norte? A história desse Estado tem muito a oferecer para os visitantes. São muitos monumentos e itens da época da colonização portuguesa, em meio aos equipamentos mais modernos. Além disso, a gastronomia e a cultura locais acabam tornando a experiência muito mais enriquecedora.

Aproveite a visita em nosso blog para conhecer também as principais expressões do Nordeste para se familiarizar ainda mais!

Posts relacionados

Deixe um comentário