facebook

Visite o paraíso tropical de Maracajaú e suas maravilhas secretas

5 minutos para ler

Que o Rio Grande do Norte, assim como todo o Nordeste, é uma região com lugares paradisíacos e repleta de opções, todo mundo sabe. Se você ainda não acompanha os posts do nosso blog, o que talvez seja novidade é a praia de Maracajaú e todas as possibilidades que este paraíso tropical oferece, seja para percorrer roteiros gastronômicos, para relaxar à beira do mar ou para praticar o ecoturismo. No post de hoje, trazemos vários motivos para você visitar Maracajaú. Confira!

Localização e acesso

Não cansamos de repetir que a praia de Maracajaú é considerada o Caribe brasileiro. Esse paraíso tropical, com aproximadamente dois mil habitantes, o vilarejo fica localizado no município de Maxaranguape, a cerca de 52km de Natal e 71km de São Miguel do Gostoso. Uma informação interessante sobre essa região é que nela fica o ponto mais próximo da África de toda a América do Sul: o Cabo de São Roque, cujo farol tornou-se um cartão postal da cidade.

Essa pequena vila de pescadores possui uma das paisagens mais belas da região, com fauna e flora exuberantes: suas águas são tranquilas e cristalinas, suas piscinas são naturais, suas dunas oferecem uma bela visão do pôr-do-sol e os parrachos, que são formações de corais a 7km da costa, são seu principal destaque, sendo também uma importante área de preservação ambiental. A cidade conta, também, com diversas opções de lazer a preços justos, incluindo hotéis, bares e restaurantes.

Para acessar Maracajaú, os turistas devem pousar no aeroporto de Natal e realizar o percurso por meio de carro, ônibus, van, táxi, transporte por aplicativo ou até mesmo buggy. No catamarã, saindo também de Natal, o valor do traslado por pessoa fica em torno de R$130. Ah! É importante lembrar que a área é controlada – por exemplo, somente 650 pessoas podem nadar nos Parrachos por dia. Portanto, não deixe de organizar sua visita a este paraíso tropical com antecedência! 

Por que visitar Maracajaú?

Com uma extensão de 13km², o cenário tornou-se um dos principais destinos de viajantes que apreciam a calmaria do litoral ou a realização de atividades aquáticas, como mergulho e windsurf. Mais importante, Maracajaú é o destino perfeito para aqueles que buscam descanso e tranquilidade, dado o tamanho da praia e as atividades voltadas à apreciação da natureza. Por ser muito próxima de Natal, não há desculpas para pular essa visita!

Dentre as práticas mais frequentes nesta praia, podemos incluir a visita aos Parrachos: durante as marés baixas, formam-se piscinas naturais de corais onde é possível mergulhar, inclusive com o auxílio de instrutores, cilindros, snorkels e até seabobs. A profundidade das piscinas varia entre 1 e 3 metros. O acesso à área é feito por meio de catamarãs e lanchas e lá encontram-se extensos bancos de corais e um rico ecossistema marinho, que pode ser observado bem de perto.

Além disso, muitos visitantes gostam de praticar kitesurf, windsurf, caiaque, stand up paddle e passeios de turismo ecológico, afinal, as águas são propícias para essas práticas e há muito potencial a ser explorado no que diz respeito à natureza deste paraíso tropical, com o qual é possível – e incentivado – interagir.

Para os que preferem atividades terrestres, não há nada melhor do que desfrutar da praia nas areias de Maracajaú, tomando sol e apreciando o mar, além de explorar a gastronomia da região ou as dunas e lagoas. Os passeios de buggy e quadriciclo são ótimas opções para explorar a área, pois além de circularem pelas dunas e superfícies terrestres, conseguem entrar nas praias e rios, oferecendo uma experiência completa e emocionante.

Praticando o turismo consciente

Sabemos que este tópico já foi abordado em outros posts do blog, mas não custa reforçar a importância da consciência ambiental ao realizar sua viagem em um paraíso tropical. Por isso, não se esqueça de levar uma sacolinha para recolher seus resíduos; evite o uso de itens descartáveis e reutilize plásticos como garrafas d’água; não toque ou retire flores e plantas da natureza; valorize a cultura regional, apreciando o artesanato e a culinária do local; e escolha empresas e profissionais que prezam pela preservação do espaço.

Justamente por ser uma área intensiva em recursos naturais, a infraestrutura é mais frágil às interações humanas, exigindo um cuidado maior com o espaço visitado visando a sua preservação e minimizando o impacto negativo do turismo na região. A principal fonte de renda, para além da pesca, é o turismo – por isso, a área é preservada por instituições e o mesmo deve ser feito por parte dos turistas. Portanto, auxilie no cuidado ao paraíso tropical.

Independente do seu estilo de férias ou da faixa etária, temos certeza de que os destinos paradisíacos de Maracajaú vão conquistar crianças e adultos, aventureiros e também aqueles que não gostam muito de sair de sua zona de conforto. Com opções para todos os gostos, não deixe de conhecer também o Parrachos Praia Clube, local referência na região no que diz respeito a experiências gastronômicas.

Enquanto planeja sua viagem para paraíso tropical do Caribe brasileiro, continue acompanhando nossos posts e se inscreva para receber a nossa newsletter! Garantimos que não faltarão dicas para aproveitar cada momento nas praias paradisíacas do Rio Grande do Norte. Aproveite para conferir outros destinos na região com as nossas sugestões!

rn
Posts relacionados

Deixe um comentário