Conheça agora a história e curiosidades sobre o maior cajueiro do mundo

4 minutos para ler

O Nordeste, também conhecido como Caribe brasileiro, é uma das regiões com maior diversidade de flora no continente, apresentando uma vegetação com característica única na faixa que se estende do sertão ao litoral. Pensando nisso, este texto mostra as principais curiosidades sobre o maior cajueiro do mundo, uma espécie típica dessa região do país.

Além disso, você confere onde está localizado o cajueiro gigante e como incluir esse passeio incrível, junto a essa árvore frutífera de folhas largas, na sua próxima viagem ao litoral nordestino. Continue a leitura e descubra!

Onde fica localizado o maior cajueiro do mundo?

Atravessada pelo Rio Pirangi, a região de Pirangi do Norte, na cidade de Parnamirim, localizada na costa do estado do Rio Grande do Norte, comporta o maior cajueiro do mundo. Ele foi classificado dessa forma pelo ranking do Guinness Book, na década de 1990.

Qual a história do cajueiro gigante?

A história dessa árvore remete ao ano de 1888, quando o pescador Luís Inácio de Oliveira plantou um pé dessa espécie próximo à orla da cidade. Sem ação de produtos químicos, o cajueiro cresceu e quebrou recordes planetários.

Luís Inácio, que morreu aos 93 anos, não imaginaria que aquela semente se desenvolveria exponencialmente ao longo dos anos, sendo hoje responsável por uma safra de cerca de 80 mil cajus.

Quais são as principais curiosidades sobre o maior cajueiro do mundo?

As curiosidades sobre o maior cajueiro do mundo não param por aí. Listamos as informações mais interessantes sobre essa verdadeira demonstração de exuberância natural no litoral nordestino.

Área ocupada

Passados mais de um século, desde que o cajueiro foi plantado pelo pescador Luís Inácio de Oliveira, a árvore chega a ocupar, hoje em dia, uma área com 8,5 metros quadrados. Isso seria equivalente a, pelo menos, 70 pés de caju “normais”.

Motivos para seu crescimento

O crescimento anormal do cajueiro de Pitangui do Norte é um fenômeno que intriga a comunidade científica. Mas, em geral, os cientistas afirmam que há anomalias genéticas nessa espécie, principalmente, pela expansão dos galhos, que se desenvolvem para os lados e não para cima, o que é considerado incomum para um pé de caju.

Poda do cajueiro

Apesar de ser polêmica entre os moradores de Pirangi do Norte, a poda do cajueiro é realizada com frequência para favorecer o crescimento natural da espécie. Ela também é feita para controlar a “invasão” dos galhos na Rota do Sol, uma via que dá acesso ao litoral Sul da capital do Rio Grande do Norte.

Como incluir esse passeio no roteiro de viagem?

A praia de Pirangi do Norte, em Parnamirim, está a apenas 25 quilômetros da capital do Rio Grande do Norte, Natal. De lá, é possível pegar um transporte seguro, seja transfer, seja ônibus ou táxi, para se deslocar até o maior cajueiro do mundo. Sem dúvidas, você deve incluir esse passeio no seu roteiro de viagem, aventurando-se pelo litoral potiguar.

Neste post, você descobriu quais são as principais curiosidades sobre o maior cajueiro do mundo, uma árvore que foi plantada por um pescador no final do século 19, na costa de Parnamirim, na Região Metropolitana de Natal.

Está com vontade de fazer as malas e conhecer o melhor dos destinos nacionais? Então, continue descobrindo incríveis atrações turísticas no Rio Grande do Norte. Veja, agora, como fazer passeio de buggy e contemplar as dunas de areia na região!

Posts relacionados

Deixe um comentário