O que fazer em Natal?  Veja 5 coisas que não podem faltar no seu roteiro!

4 minutos para ler

Quer saber o que fazer em Natal? Além de ser a capital do Rio Grande do Norte, a cidade é um ótimo ponto de partida para os turistas conhecerem outros destinos do Estado. Ela oferece aos viajantes muita diversão por meio de atrações incríveis, como visita às praias, dunas, passeios de buggy, compras no comércio local, mergulho nas piscinas naturais, além de aproveitar as delícias gastronômicas da localidade.

Para não perder nenhum destino na hora de organizar o seu roteiro, selecionamos 5 coisas que você não pode deixar de fazer em Natal/RN. Confira!

1. Conhecer o Cajueiro de Pirangi

Ele é considerado o maior cajueiro do mundo e entrou para o livro dos recordes, o Guiness Book, em 1994. A árvore tem uma copa enorme e os galhos são curvados para baixo, criando um visual deslumbrante.

Seu tamanho é de 8.500 metros quadrados de ocupação, e produz duas toneladas de cajus por safra. Por isso, é muito interessante visitá-lo. O cajueiro fica próximo da capital e, no local, o turista caminha entre os galhos por meio de uma passarela.

2. Visitar a praia de Ponta Negra

Outra atividade interessante para incluir na sua lista de o que fazer em Natal é conhecer a praia da capital. O bairro de Ponta Negra, além de ser um bom destino para os visitantes se hospedarem, oferece uma linda praia para aproveitarem o dia.

Sendo assim, na praia de Ponta Negra, os turistas têm a oportunidade de caminhar na areia, comer em diferentes quiosques, tomar banho de mar e curtir um dia de muito sol. Ainda, nessa região, é possível ter acesso a tudo que você precisa com uma caminhada.

Esse lugar também conta com uma atração imperdível, o Morro do Careca, uma duna margeada por vegetação que tem 107 metros. Por isso, ela é um dos principais cartões-postais e símbolos turísticos da cidade.

3. Fazer compras nos mercados de artesanatos

Quem gosta de experimentar as delícias nordestinas e de artesanato não pode deixar de visitar os mercados locais. Nesses lugares, é possível encontrar castanhas, roupas, cachaça, acessórios, pimentos, licores etc.

Existem diferentes pontos em que os turistas acham esses itens, como o Mercado de Ponta Negra. Ele fica bem próximo da orla da praia, sendo bem localizado para os viajantes que se hospedam na região. Além dele, é possível visitar a Feirinha de Artesanato de Ponta Negra e o Shopping do Artesanato Vilarte Ponta Negra.

4. Mergulhar nas piscinas naturais nos Parrachos de Maracajaú

As piscinas naturais nos Parrachos de Maracajaú são destinos essenciais para os turistas que querem conhecer um lugar paradisíaco. A beleza marinha, a natureza e as águas cristalinas formam um cenário impressionante. Esse local também é conhecido como Caribe Brasileiro e é alcançado por meio de uma viagem de 1h30, com saída de Natal.

Os parrachos ficam a 7 quilômetros do mar e os viajantes chegam até eles por meio de uma embarcação, chamada catamarã. Assim, é possível ver a formação de corais e mergulhar com os peixes. Portanto, não deixe de incluir esse lugar em seu roteiro.

5. Ir de buggy até as dunas de Genipabu

Além de Maracajaú, Genipabu também é um dos lugares mais famosos da região. Uma dica que vale a pena é chegar até as dunas pelo passeio de buggy. Esse veículo proporciona uma experiência única, com grandes aventuras que ficarão marcadas na memória.

Geralmente, os turistas podem pedir um passeio com ou sem emoção, o que indica o nível de adrenalina na hora de andar de buggy pelas dunas móveis. Durante o percurso, o visitante contempla a vista panorâmica para a cidade de Natal e toda a Praia de Genipabu.

Após descobrir o que fazer em Natal, planeje o seu roteiro incluindo esses pontos para obter uma experiência incrível. A cidade é cheia de vantagens e oferece muitas formas de diversão, tanto para pessoas que viajem sozinhas quanto aqueles que estão em família.

Gostou dessas dicas? Alugue um passeio para Maracajaú e conheça as famosas piscinas naturais! Entre em contato com a gente e confira nossos passeios.

Posts relacionados

Deixe um comentário