Afinal, o que é turismo náutico e como funciona?

4 minutos para ler

Você sabe o que é turismo náutico? Bom, ele é praticado em águas de mares e de rios, em lagos e represas, em programas que envolvem pescarias, excursões, regatas e pesquisas. Dependendo do local onde ocorre, esse tipo de turismo pode ser caracterizado como turismo lacustre, turismo em represas, turismo marítimo e turismo fluvial.

Com boas condições marítimas e um clima ameno, o Brasil tem muito a oferecer para as pessoas que praticam turismo náutico. Afinal de contas, estamos falando de mais de 7 mil quilômetros de litoral e aproximadamente 9 mil quilômetros de margens de reservatórios de água doce (lagoas, lagos e hidrelétricas).

Quer saber mais detalhes sobre o turismo náutico para organizar sua próxima viagem? Então, continue conosco e confira!

O que é turismo náutico e como funciona?

O turismo náutico diz respeito a um tipo de turismo bastante alternativo e que é cada vez mais popular. Ele se define como férias ativas em contato com a água, por meio da realização de atividades. A navegação em iates ou barcos à vela é um bom exemplo, assim como outras atividades desportivas e lúdicas que possibilitem desfrutar a natureza nesse contexto.

Diferentemente de outros segmentos, o turismo náutico tem a característica de ser a embarcação náutica o atrativo principal da atividade. Isso significa que ela não é apenas um meio de deslocamento. Muitos podem ser os tipos de embarcação, como escunas, jangadas, balsas, iates, botes, traineiras, barcaças, navios, veleiros, entre outros.

Como surgiu?

A expansão do turismo náutico, juntamente com os outros tipos de turismo marítimo, se iniciou nos anos 60 do século XX. Antes disso, nos Estados Unidos, por volta de 1920, os portos especializados foram estabelecidos — os quais são marinas para receber os navios destinados ao esporte e ao entretenimento.

Em quais regiões ele é mais frequente?

Os locais na costa do Brasil que mais se destacam no turismo náutico são: Recife (PE), Fortaleza (CE), Morro de São Paulo (BA), Fernando de Noronha (PE), João Pessoa (PA), Rio de Janeiro (RJ), Ilha Bela (SP), Ilha Grande (RJ), Natal (RN), Paraty (RJ), Florianópolis (SC) e Ubatuba (SP). Nos cursos dos rios, vale destacar que os destinos que mais prevalecem são a região Amazônica e o Pantanal.

Quais são as vantagens desse tipo de turismo?

O turismo náutico pode atuar como um verdadeiro propulsor da economia da zona, afinal, permite que diversas empresas prestem serviços para esse público-alvo. Alguns tipos de serviços são o aluguel de veleiros, guias náuticos, manutenção de embarcações, escolas relacionadas aos desportos náuticos, aluguel de motos de água etc.

Sem contar que desenvolver o setor do turismo náutico significa atrair cada vez mais turistas com um poder aquisitivo bem alto, permitindo, assim, um crescimento do setor que vai repercutir não apenas nas empresas dedicadas a ele, mas também ao restante da economia da zona e demais produtos turísticos.

De quais diferentes formas ele pode ser praticado?

Dentre as atividades, podemos citar algumas — por exemplo, cruzeiros (cabotagem ou longo curso), excursões, passeios etc. — que podem acontecer em embarcações sobre ou sob as águas com correntes ou paradas, fluviais, marítimas, lacustres, oceânicas, entre outras.

Quais são os cuidados necessários ao praticar cada um deles?

Garantir a segurança quando se está fazendo turismo náutico — seja em um cruzeiro, seja em um iate — é fundamental e requer cuidados específicos e bem rigorosos quando comparados aos que são tomados em outro tipo de turismo. Alguns deles são:

  • fazer uma vistoria bastante minuciosa de segurança antes de viajar;
  • planejar a rota e verificar a previsão do tempo;
  • conduzir a embarcação com prudência e segurança;
  • jamais deixar redes e demais tipos móveis do tipo na beira da embarcação;
  • evitar o consumo excessivo de álcool;
  • tomar cuidado redobrado quando for ancorar e partir.

Como você pode ver, o turismo náutico é bastante procurado no Brasil, afinal, locais privilegiados não faltam para essa aventura. A conservação e a segurança cultural e ambiental do local visitado são, sem dúvidas, os principais atrativos para as pessoas que gostam do turismo náutico.

E aí, gostou do texto sobre o que é turismo náutico? Quer continuar aprendendo conosco? Então, siga as nossas páginas nas redes sociais e acompanhe as novidades por lá! Estamos no Facebook, no Instagram e no LinkedIn!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Um comentário em “Afinal, o que é turismo náutico e como funciona?

Deixe um comentário