5 danças típicas do Nordeste para você conhecer

3 minutos para ler

Não há dúvidas: as danças típicas do Nordeste são um importante legado para entender a cultura dessa região do Brasil, onde os gêneros musicais, acompanhados de bailados específicos, são uma tradição há séculos. Por isso, cada estado tem ritmos apaixonantes, praticados pelos moradores e ensaiados pelos visitantes em um passeio rítmico pela história do povo nordestino.

Pensando nisso, este texto apresenta as 5 principais danças nordestinas, entre elas, o frevo, o forró, o bumba meu boi, o xaxado e o torém. Tem interesse sobre o tema? Continue a leitura e descubra mais sobre as manifestações culturais do Nordeste!

Quais são as principais danças da região Nordeste?

Até aqui, você sabe que as danças são um traço importante da cultura do Nordeste, mas quais são os principais ritmos musicais dessa região?

1. Frevo

O frevo é um ritmo e uma dança tipicamente surgida no Nordeste, mais especificamente no estado de Pernambuco, a partir da junção de gêneros como a marcha militar, o maxixe e o dobrado, com elementos da capoeira. A música ganha as ruas das cidades pernambucanas no período carnavalesco, atraindo multidões de passistas ao som da orquestra de frevo.

2. Forró

A história do forró se confunde com a do Rio Grande do Norte, por exemplo, e a do Nordeste, uma vez que o gênero musical pode denominar outros ritmos, como o xote, o baião e o xaxado, praticados em inúmeros estados da região. Nascido no século 19, o forró se caracteriza, principalmente, pela música produzida com o acordeão, também chamado de sanfona, o triângulo e a zabumba.

3. Bumba meu boi

Bumba meu boi, também chamado de boi-bumbá, é uma dança e uma festa do folclore nacional, sendo bastante praticada no Maranhão e em estado do Norte do país. A cultura celebra a lenda da morte e da ressurreição do boi, em cortejos competitivos em torno da figura desse animal.

4. Xaxado

Xaxado é uma dança muito significativa para o Sertão de Pernambuco, onde era praticada, inicialmente, pelos cangaceiros, na figura do líder Lampião, morto em emboscada em 1938. Variante de outro ritmo musical, o baião, a dança cangaceira servia como entretenimento e demonstrava ainda a disposição para a guerra, com passos marcados pelos membros inferiores.

5. Torém

O torém é uma dança típica dos povos tremembés, fixados atualmente em comunidades do Ceará. O ritmo, que remete aos séculos 16 e 17 (quando os índios dessa etnia ocupavam extensa área entre o Pará e o Ceará), é um poderoso indício de resistência ao processo de aculturação.

A dança é feita com a participação de cerca de 20 homens e mulheres, que se reúnem em torno de um “chefe”, detentor do aguaim, uma espécie de instrumento similar ao maracá. Ao longo da celebração, os índios tomam o mocororó, uma bebida feita à base de caju em homenagem à colheita dessa fruta.

Neste post, você fez uma viagem em família pelas principais danças típicas do Nordeste, onde é possível conferir patrimônios imateriais como o bumba meu boi, o xaxado, o torém, o frevo e o forró — expressões culturais que foram preservadas pelos habitantes da região até os dias atuais.

Quer seguir em viagem pelo Nordeste? Então, veja por que a região tem destinos naturais incríveis, sendo considerada, atualmente, como Caribe Brasileiro!

Posts relacionados

Deixe um comentário