Conheça o Cabo de São Roque e se encante!

4 minutos para ler

Quem está programando uma viagem ao Rio Grande do Norte não pode deixar de incluir o Cabo de São Roque no roteiro. O local fica em Maxaranguape (mesma cidade da paradisíaca praia de Maracajaú), no litoral norte potiguar, distante cerca de 51 km de Natal, capital do estado.

O pequeno município é conhecido por ser o ponto brasileiro mais próximo da África e pelas incríveis belezas naturais, além de ter a famosa “árvore do amor”. No entanto, os atrativos da região vão muito além disso!

Confira as nossas dicas para conhecer e aproveitar todos os encantos do Cabo de São Roque!

Conheça a história do Cabo de São Roque

Em 1501, o navegador Américo Vespúcio partiu de Lisboa, em Portugal, em direção à costa brasileira. O local onde aportou é hoje chamado de Arraial do Marco, situado na costa do estado do Rio Grande do Norte, próximo ao Cabo de São Roque.

A região é considerada o local brasileiro mais próximo do continente africano. Além das inúmeras belezas naturais, um de seus pontos turísticos mais conhecidos é a “árvore do amor”.

Ela, na verdade, é formada por duas gameleiras que cresceram entrelaçadas, cujas copas, unidas, lembram um curioso formato de coração (daí o apelido). As gameleiras, normalmente, se desenvolvem junto a outras árvores, como palmeiras, aproveitando-se de seus nutrientes. Porém, em Cabo de São Roque, a famosa árvore do amor é uma junção de duas árvores da mesma espécie, que se uniram pela força do vento.

Além de ponto turístico da região, a árvore do amor alimenta várias crenças e lendas. Casais apaixonados ou pessoas solitárias em busca do amor costumam visitar o local, que serve tanto de cenário romântico para belas fotos, quanto de palco para promessas e simpatias. Segundo crenças regionais, os casais que trocarem beijos sob a árvore nunca se separarão.

Arvore-do-amor
Segundo tradições populares os casais que fazem pedido na árvore nunca se separam.

Confira outros atrativos do Cabo de São Roque

Apesar da beleza e das curiosidades da árvore do amor, a região tem muito mais a oferecer aos turistas. O farol do Cabo de São Roque, por exemplo, proporciona uma vista panorâmica de toda a região. A construção, com 32 metros de altura, data de 1898. Esse é um dos cartões-postais mais conhecidos da cidade.

Os atrativos continuam nas dunas e nas praias. Na região, as dunas formadas pela areia fina e a ação do vento convidam aos passeios de buggy ou quadriciclo e a práticas como o sandboard.

Do alto das montanhas de areia, que fazem parte do parque das dunas em uma área com 1.172 hectares, é possível contemplar toda a paisagem e a beleza da região, com praias, coqueirais e lagoas de água doce, como a famosa Lagoa do Pitangui.

No entanto, o grande atrativo da região é a praia de Maracajaú, conhecida como o “Caribe brasileiro”. Cercada por coqueirais e com uma paisagem de tirar o fôlego, ela é um dos melhores locais do litoral brasileiro para a prática de mergulho. A poucos quilômetros da costa, há uma grande barreira de corais multicoloridos, conhecidos como parrachos, que constituem um grande ecossistema marinho.

Quem mergulha nas águas mornas e cristalinas de Maracajaú consegue observar de perto várias espécies de peixes, corais, crustáceos e até tartarugas marinhas. A região faz parte de uma área de preservação ambiental e, por isso, as visitas precisam ser agendadas com antecedência. A melhor forma de chegar aos parrachos é por meio de um passeio de catamarã.

Ao visitar o Rio Grande do Norte, o Cabo de São Roque e todas as belezas da região de Maxaranguape não podem ficar de fora do roteiro!

Para ficar por dentro de todos os passeios e atrações da região, siga as nossas redes sociais! Estamos no Instagram, Facebook e YouTube!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Um comentário em “Conheça o Cabo de São Roque e se encante!

Deixe um comentário