facebook

Como reagendar uma viagem em função da pandemia?

4 minutos para ler

A pandemia do novo coronavírus atingiu o turismo em escala global, o que gerou dúvidas nas pessoas que compraram passagens para viajar em 2020. Se você é uma delas, talvez esteja se perguntando: “devo reagendar viagem ou cancelar?”.

A ABAV (Associação Brasileira de Agências de Viagens) lançou uma campanha para os turistas adiarem seus passeios — sem custos — e não cancelarem ou pedir reembolso. Isso porque o cliente que desiste impulsiona uma crise no setor hoteleiro e de aviação. Também, essa ação pode afetar seu próprio bolso, já que algumas empresas cobram taxas de rescisão.

Então, se você quer ter a chance de visitar um lugar novo e aproveitar assim que for seguro, continue lendo este artigo e aprenda a mudar a data da sua passagem.

Como reagendar uma viagem?

Antes de tudo, é preciso ressaltar que não há uma certeza de quando será possível passear novamente com segurança. Porém, isso não significa que você não viajará até que uma vacina seja implementada. Quando as taxas de transmissão diminuírem e tudo ficar seguro, há a possibilidade de os serviços voltarem com os devidos cuidados.

Assim, para alterar a época do itinerário, é importante prestar atenção às regras que toda empresa tem. Por isso, separamos as seguintes dicas para ajudar você:

  • entre em contato com a agência de viagem ou a companhia aérea do seu bilhete;
  • acesse o site ou o aplicativo da instituição para tentar fazer o reagendamento;
  • pesquise na internet informações sobre o acesso aos aeroportos no destino escolhido e os prazos das alterações das datas;
  • caso não consiga resolver o problema on-line, contate o suporte telefônico;
  • aguarde um pouco para mudar a data — algumas empresas estão priorizando viagens marcadas por volta dos próximos dias.

Quais políticas estão sendo adotadas pelas empresas?

As diretrizes das companhias aéreas para reagendar viagem têm sofrido alterações constantes. Elas passaram a remarcar as datas para que o consumidor fique isento de cobrança de multa. O mesmo tem sido feito por agências de turismo, hotéis e pousadas.

Por exemplo, a Latam não está taxando para reagendar. Quem comprou um voo nacional pode mudar a passagem até o final deste ano, mas sujeito à diferença tarifária. No caso dos passageiros da Gol, eles podem remarcar dentro de um período de 330 dias a partir da data da compra. Já a Azul, está alterando os voos nacionais e internacionais.

Outras companhias, como a Air France, oferecem diferentes opções. Por exemplo, é possível obter um voucher com o mesmo valor do bilhete e alterar o destino da jornada com isenção de penalidade.

Quais são os direitos do consumidor diante dessa situação?

Diversas empresas de turismo cancelaram voos, passeios e hospedagens. A partir disso, o viajante tem direito ao ressarcimento total, já que o adiamento foi feito pelo prestador de serviço. Mas tudo dependerá do dia da compra da passagem.

Cada instituição estabeleceu normas específicas que buscam atender às necessidades dos clientes. Por exemplo, as viagens até o final de maio podem ser canceladas e os compradores recebem o valor de volta. Após esse período, é preciso consultar as regras da companhia.

Quais são os benefícios de adquirir vouchers de passeios?

Após alterar a data da sua aventura, faça o mesmo com os passeios por meio dos vouchers. Essa é uma forma de garantir sua vaga em determinada atração turística, já que a tendência é as pessoas viajarem ainda mais após o isolamento.

Existem atividades em que o número de indivíduos é limitado ou que são praticadas apenas quando a maré está baixa, sendo importante fazer uma reserva antecipada. Além disso, esses tíquetes trazem economia, já que os valores podem estar em promoção ou mais baratos do que comprar futuramente.

Sendo assim, reagendar viagem em função da pandemia garantirá aos turistas momentos de muita diversão e tranquilidade nos próximos anos. Então corra para organizar seu roteiro e tenha a certeza de que tudo sairá da maneira como você sempre sonhou!

Gostou deste conteúdo? Tem outras dúvidas sobre o assunto? Então deixe seu comentário abaixo!

rn
Posts relacionados

Um comentário em “Como reagendar uma viagem em função da pandemia?

Deixe um comentário