facebook

Museu dos corais é inaugurado em Maracajaú

3 minutos para ler

Em parceria firmada entre a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema), foi realizada na última sexta-feira (04), a inauguração do Museu dos Corais, em Maracajaú.

A criação do museu tem como objetivo ser um espaço de interação e inclusão com foco na conservação das diferentes espécies marinhas na região. Participaram do evento autoridades locais e estaduais dentre eles:  o  vice-governador do estado do Rio grande do Norte (RN), Antenor Roberto; a Tenente Coronel Rosalina (BPAmb); o secretário da Semarh, João Maria Cavalcanti; o Pró-reitor de Extensão da UFRN, Graco Viana (representando o reitor da UFRN, José Daniel Diniz Melo); o prefeito de Rio do Fogo, Márcio Luis; o coordenador do projeto Museu dos Corais, profº Guilherme Longo; o diretor-geral do Idema, Leon Aguiar, dentre outras autoridades locais.

Segundo o IDEMA o Museu dos Corais, convida o visitante a fazer uma viagem pelos oceanos, especificamente nos recifes de corais do Litoral Norte Potiguar, região rica em vida marinha e bastante conhecida em todo o estado, sendo visitado diariamente por turistas de todo o Brasil.

O Museu dos Corais fica localizado na sede administrativa da APA dos Recifes de Corais, a maior Unidade de Conservação do Estado do RN, e a única 100% em ambiente marinho. Segundo informações da assessoria do museu, ao todo foram investidos cerca de R$35.000,00 na implantação do mesmo.

Confira nossa galeria:

Parrachos Praia Clube

O Parrachos Praia Clube é bastante conhecido no estado do Rio Grande do Norte por ser referência em turismo de aventura e ecológico. A empresa atua há mais de 20 anos realizando passeios aos Parrachos de Maracajaú e passeios de quadriciclo e UTV pelas dunas de Maracajaú.

Segundo Rafael Miranda, diretor geral do Parrachos Praia Clube, a inauguração do museu dos corais é bastante importante tanto para a manutenção da cultura local como para a valorização das espécies marinhas. “Maracajaú é um paraíso que sem dúvidas merece cada vez mais a valorização que é construída em prol da região. Quem vem visitar a gente sempre quer voltar, é uma experiência incrível e contar agora com um museu, sem dúvidas irá valorizar ainda mais a nossa região”, informou o diretor.

APARC

Criada em 2001, a Área de Proteção Ambiental dos Recifes de Corais (APARC) tem como  objetivo proteger a região marinha que abrange a faixa costeira dos municípios de Maxaranguape, Rio do Fogo e Touros, no litoral norte do estado do Rio Grande do Norte e conta com uma área de preservação com cerca de 136 mil hectares.

Saiba mais sobre:

  1. O museu;
  2. O Parrachos Praia Clube;
  3. Maracajaú.
Jhonatan Silva Editor

Por: Jhonatan Silva
Jornalista e Editor do Blog Parrachos Turismo
Especialista em uma boa gargalhada

rn
Posts relacionados

Deixe um comentário