facebook

Catamarã: entenda o que é e porque ele proporciona uma experiência inovadora

5 minutos para ler

Nem todo mundo já ouviu falar nesse meio de transporte, ainda mais quem não vive perto de praias ou rios. No entanto, o catamarã é uma embarcação bastante presente, por exemplo, no Nordeste brasileiro, e você muito provavelmente andará em pelo menos um quando visitar as praias paradisíacas dessa região do Brasil.

Para além de barcos e lanchas, o catamarã é o que vai te levar para conhecer o Caribe brasileiro, onde você pode mergulhar para ver de pertinho os recifes de corais em alto-mar. Além de oferecer uma boa estrutura e um certo grau de conforto, ele minimiza a sensação de enjoo causada por outros tipos de embarcação. Venha conhecer o que é um catamarã nesse post!

O que é um catamarã?

Os catamarãs são embarcações, assim como as jangadas e velas, porém mais elaboradas, usadas com frequência no litoral nordestino. Possuem dois cascos paralelos, conectados por uma estrutura transversal e que normalmente funcionam com um motor. Catamarãs são ótimas alternativas para trajetos mais longos em mar aberto, oferecendo conforto, segurança e agilidade nos trajetos quando comparados a barcos e canoas, por exemplo.

Por que viajar de catamarã?

Além dos fatores já mencionados, como a segurança e a rapidez de locomoção, os catamarãs acomodam mais pessoas em uma única viagem do que alguns barcos, favorecendo passeios em grupo e normalmente saindo mais barato para os turistas. Isso sem mencionar a liberdade que os viajantes têm para comer, conversar e socializar na embarcação enquanto se deslocam para as piscinas naturais ou qualquer outro destino do catamarã.

Outro fator importante para o diferencial desse transporte marítimo é a estabilidade proporcionada pela baixa movimentação quando nas águas, evitando aquela sensação famosa de enjoo em alto-mar. Devido a sua estrutura com dois cascos e seu motor, ela se movimenta menos com o balanço das ondas e faz menos manobras bruscas.

Apesar de perder em velocidade para a lancha, os trajetos realizados em catamarãs são bastante rápidos, principalmente quando comparados a jangadas e canoas, comuns no litoral brasileiro, mas utilizadas com mais frequência na pesca. O motor é bastante silencioso e a embarcação pode ir de regiões rasas até locais mais profundos mar adentro.

O principal motivo para embarcar costuma ser a visita às piscinas naturais, não é mesmo? Afinal, os catamarãs são os melhores meios de transporte para se deslocar até elas, que ficam localizadas entre a orla e o alto-mar. Nessas áreas, é possível curtir a calmaria das ondas, mergulhar entre os peixes e corais e se aproximar do rico ecossistema marinho.

Dessa forma, viajar de catamarã se torna uma experiência bastante confortável, ainda mais para quem não está acostumado com a movimentação do mar ou enjoa facilmente nesse tipo de experiência, além de ser um momento especial para curtir as belas paisagens, já que sua estrutura se desloca pelo mar e permite contemplar a natureza ao redor e a beleza da região.

Como contratar um passeio de catamarã?

Sugerimos sempre contratar com antecedência uma empresa da região que você vai visitar, afinal, ninguém melhor do que os habitantes locais para fazer os melhores trajetos e recomendações, você concorda? Normalmente, as viagens duram mais de duas horas, incluindo o tempo de deslocamento e a permanência na região dos corais. Você deve ficar atento à tábua das marés para saber se será possível realizar o passeio no dia escolhido, e elas devem estar baixas para aproveitar a formação das piscinas naturais.

Todavia, nem todos os passeios de catamarã são para visitar piscinas naturais: o Rio Abiaí, que banha os estados da Paraíba e de Pernambuco, é um dos destinos mais incríveis para ser visitado com essa embarcação também! Nesse caso, não é preciso consultar a tábua de marés, sendo um passeio mais fácil e frequente de realizar. Isso sem mencionar as belas paisagens que vai encontrar no percurso do rio,

Outro rio que pode ser explorado de catamarã é o rio Guaíba, lá na outra ponta do país, no Rio Grande do Sul. Esse rio, importante para a região, costeia a cidade de Porto Alegre e demais cidades da região metropolitana, e quem quer chegar até a cidade de Guaíba, ao invés de optar pelo trajeto sobre a ponte, pode escolher fazer seu transporte por meio do catamarã, que, para além da questão turística, é uma alternativa para quem precisa fazer esse trajeto com mais frequência, como trabalhadores e estudantes.

Se você estiver visitando Maracajaú, no Rio Grande do Norte, não deixe de entrar em contato com a Parrachos para agendar o seu passeio de catamarã às piscinas naturais! Esse destino paradisíaco é perfeito para quem quer relaxar e ficar longe do movimento das cidades, já que conta com apenas dois mil habitantes, e nós temos certeza de que será uma experiência incrível e inesquecível. Ficamos no aguardo do seu contato!

Posts relacionados

Deixe um comentário